Onor assina com Royal contrato de colaboração para criar Onor OS

Hoje, 21 de agosto, o Royal Express assinou o contrato com a Onor, para a produção do Onor OS.
Nosso núcleo de tecnologia será responsável por elaborar e publicar, o sistema operacional da empresa.

O Onor OS, estará presente em celulares, tablets, computadores e relógios inteligentes, que serão produzidos pela marca.
E podem chegar a outras coisas que possuam ou precisem, de sistemas operacionais embutidos, por que não?
Será o segundo tipo de sistema que desenvolveremos para a Onor.
O primeiro foi o Lorens, que não foi feito para a Onor especificamente, mas que a empresa comprou uma licença para uso na rede Santa Clara.
E que está em uso também, em outros 2 sistemas hospitalares no Brasil.

Neste contrato específico assinado nesta quarta-feira, estão previstos investimentos de R$ 230 Mil por parte da Onor, para a criação do sistema.
É importante salientar, que esses recursos não são o que o Royal vai receber por fazer o sistema, mas sim o que será empregado para que ele possa ser algo viável.
Teremos um ganho com a criação do Onor OS, afinal nem uma empresa sobrevive de caridade, mas são ganhos dentro do que está estabelecido pelo que nos propusemos a fazer.
A assinatura do contrato ocorreu em São Paulo, onde estiveram presentes além de mim, o Presidente Royal, Jornalista Guilherme Kalel, e a Presidente Executiva da Onor Annabelle Rech.

Bradesco e a delação de Palocci

Na quarta-feira, 14 de agosto, o Supremo Tribunal Federal, tornou pública a delação premiada já homologada, feita por Antonio Palocci, ex-ministro dos governos do PT, de 2002
a 2014, que detalha uma organização criminosa formada para desviar recursos dos cofres do Brasil.
Nessa delação, Palocci entregou diversas pessoas e empresas, que pagaram propina para membros do governo afim de se obter vantagens indevidas.

Entre essas empresas, estão Sadia e Perdigão, a marca de bebidas Ambev, e os bancos Safra, Votorantim, BTG Pactual e Bradesco, além do Itaú Unibanco e o Banco do Brasil.
De tudo isso o que se destaca, é o papel do Bradesco nessa organização.
Segundo a delação de Palocci, o banco teria pago em doações de caixa 2, para campanhas do PT, além de outros momentos do governo, quantias que somadas chegam a casa de R$ 27 Milhões.
Os valores foram os mais bem pagos por um banco a organização, para que pudesse se obter vantagens.
O pagamento dessas propinas feito supostamente pelo banco, garantiram o Bradesco, apoio do governo em decisões no Conselho Administrativo da Vale do Rio Doce. Além de informações privilegiadas de mercado.
O banco possue um capital de participações na Vale, empresa que o governo também tinha ações na época.
Por isso, ter o apoio do governo era importante, assim as decisões tomadas pelo Bradesco teriam mais peso na companhia.
Como todos bem sabem, o Bradesco é parceiro do Royal Express, duas vezes.
O banco Next, digital da empresa, e a Bradesco Seguros, maior seguradora do país, são patrocinadores de projetos do nosso Portal.
Diante as denúncias firmadas contra a instituição, o Royal Express precisa tomar posicionamentos a respeito do tema.

Primeiro que apesar dos patrocínios, as reportagens veiculadas continuarão o sendo, para que a luz da verdade chegue ao conhecimento das pessoas.
Por isso, estamos realizando série de reportagens sobre o tema, que é sério e necessita de informação para as pessoas.
Outro assunto, é que nosso estatuto bem como nosso conjunto de normas, nos impede de ter negócios ou parcerias, com empresas que estejam figurando em processos criminais.
De mesmo modo que não podemos ter colaboradores nesse tipo de ação, trabalhando dentro do Royal.
Neste sentido, gostaria por meio desta postagem, e foi por isso que eu a escrevi, de dizer a nossos leitores que não se preocupem.
Todas as medidas estão sendo tomadas para que possamos resolver, da melhor forma possível, essa questão junto ao banco.

Gostamos da instituição Bradesco, sempre fomos muito bem recebidos, sempre fomos bem atendidos.
Quando iniciamos o projeto Royal, recebemos um aporte significativo em patrocínios da marca, sem o qual não chegaríamos aqui.
Mas, apesar de todas as benfeitorias o fato que se pese, é que não podemos nos calar diante as denúncias.
Se comprovadas, as medidas necessárias precisarão ser tomadas, não importa o quanto gostemos do banco citado, pois nossos princípios éticos, pessoais e profissionais, jamais
iriam permitir com que compactuássemos ou atuássemos, junto a quem cometeu crimes contra nossa sociedade.

Broncopneumonia de Guilherme Kalel

Antes que se comecem a criar diversas teorias de conspiração, decidi postar algo que não fala sobre mim ou o Royal, mas sim de nosso Presidente Guilherme Kalel.
Mas gostaria de ressaltar, que todas as informações aqui publicadas foram antes aprovadas pelo Presidente, de modo que não estou a desrespeitar a sua privacidade, tudo teve
consentimento.

Guilherme Kalel foi hospitalizado na segunda-feira, 5, por causa de um quadro de broncopneumonia, como disse antes.
Ele já está em casa, sendo medicado contra a doença.
Na quinta-feira, 15 de agosto, ele vai regressar ao médico em São Paulo, onde passará por novas avaliações afim de se saber o quadro de saúde.

O Jornalista continua sim fazendo seus outros tratamentos médicos, porém não tenho autorização para falar a que pé estes andam.
Foi por sua vontade que essas informações sobre a sua saúde deixaram de ser veiculadas, no Royal e neste Blog também nunca postei nada.
A infecção pulmonar de agora é diferente, porque o afastou da Infotech, e foi necessárias explicações a título de informação e em respeito aos leitores do Portal.

Royal Express – O que vem por aí

Uma série de novidades são preparadas e acontecem no Royal Express, a partir de agosto
Você confere nas próximas linhas, um pouquinho sobre cada uma delas:

No dia 5 de agosto, tivemos em São Paulo a Infotech, o evento de informação e tecnologia que apresentou produtos inovadores do Royal e da Onor.
Muitas novidades foram apresentadas no evento, conforme os leitores puderam acompanhar no Royal Express.
Não vou entrar em detalhes para que não fique uma postagem repetitiva, mas quem quiser pode conferir no Portal.
Nosso Presidente, Guilherme Kalel, não esteve presente como o esperado e muitas pessoas questionaram a sua ausência.
No dia específico, Kalel estava hospitalizado por conta de uma broncopneumonia, e não pôde estar presente.
De qualquer forma, ele mesmo do hospital, gravou uma pequena participação para falar um pouquinho para nossos participantes da Infotech.
E fez o anúncio que nosso próximo evento desta natureza, ocorrerá em 18 de outubro, na cidade de Porto Alegre.

Outro detalhe importante de se destacar entre essas mudanças do Royal, é que nosso site vai mudar seu jeito de trabalhar.
A partir de agora, o Portal será 100% restrito.
Isso quer dizer, que as pessoas terão de pagar uma assinatura mensal para ter acesso a todo o seu conteúdo.
Fizemos 3 pacotes de assinaturas, que podem atender a necessidade das pessoas e que o leitor pode escolher.
Os mais interessantes são aqueles que possuem o conteúdo diário do Portal, e o que acopla o Portal e a revista Royal 9640.
O preço não é caro e cabe no orçamento de todo mundo.
O Portal deve ter apresentado um boletim chamado de Boletim Express, com um resumo em modo público das reportagens do dia.
Quem vai cuidar desse resumo é a colaboradora Giovanna Decker.
A partir de agora essa será a sua única função na equipe, fazer o resumo do dia.
Mais mudanças devem ocorrer no jeito da equipe agir e trabalhar.

Nicole Hous deixa a equipe de reportagens do Royal a partir de quarta-feira, 7 de agosto.
Ela vai regressar a Equipe de Assessoria, para atuar junto a Gisele Hous.
Uma terceira Assessora terá que ser contratada nas próximas semanas, porque o quadro de assessoria ficou sobrecarregado.
São duas áreas diferentes para atuar, comunicação e tecnologia.
E dentro dessas áreas há diferentes produtos, muitos e-mails a serem respondidos, e uma pessoa só não daria conta.
De mesmo modo, uma única pessoa não daria conta de gerir toda a parte financeira do Portal.
Por isso se faz necessário a terceira Assessora, para que as tarefas fiquem muito bem divididas.
Vamos falar mais sobre este tema em momento oportuno.

28 de julho, data de comemorar!

Hoje é domingo, 28/07/2019.
29 anos atrás, eu abria os olhos para este mundo e começava a vivenciar uma nova vida.
Eu chegava, tão cheia de sonhos e com vontade de descobrir tudo.
29 anos se passaram e aqui estou em mais um 28 de julho.
Tantas coisas aconteceram nessa jornada, mas ainda sim continuo a aprender, cada dia um pouquinho mais.

Neste período, aprendi a ser mais forte, a me reinventar quando preciso.
Aprendi a suportar dores, tristezas, e que a vida é cheia de altos e baixos.
Aprendi um amor tão puro e incondicional.
Que não existe amor mais doce do que o amor de mãe, que experimento com minha pequena Jane nesse momento.

Sou uma mulher realizada e feliz, pessoal e profissionalmente.
Tenho as melhores pessoas do mundo ao meu lado.
E uma família, que apesar de não ser a mais perfeita do mundo, porque isso não existe, me dá o essencial.
Apoio e carinho, quando eu preciso disso.

Hoje estou começando neste aniversário, uma nova fase de vida.
Um novo lugar, nova cidade, novas pessoas.
Um desafio que cada dia fica maior, porém não menos importante, ao contrário é mais.
Com muitos podres e claro, mais ainda responsabilidades.
Que este novo ciclo, seja repleto de aprendizados.
E esta nova idade que chega, venha me somar, fortalecer, evoluir cada dia mais.

Hoje também, 28 de julho, é aniversário de nosso Presidente Royal, Jornalista Guilherme Kalel.
Quando vejo que ele também faz 29 anos de idade, eu paro e penso.
O quanto eu sou pequena e o quanto eu tenho que aprender.
E ao mesmo tempo eu agradeço.
Obrigada Deus, porque me colocou o Kalel no caminho.
Ele é uma fonte de inspiração, aprendizados, amor e esperança pras pessoas.
Uma pessoa que conhece bem o que falta as vezes em grande quantidade na humanidade.
Sabe o que é desprendimento, o que é amor, o que é caridade.
Se doa aos outros sem querer ou pedir nada em troca.
E se dedica todos os dias, mesmo com todas as dores imensas capaz de sentir, incapaz de imaginar ser possível suportar, em nome de um bem maior e de sua família.
Parabéns meu amigo, meu professor.
Todos os dias você me ensina a te admirar cada vez mais.
Todos os dias você me ensina a amar a vida, e tudo o que ela pode nos oferecer.

O que é relevante falar

Nada contra o que as pessoas postam em seus Blogs ou nas redes sociais.
Cada um é livre pra postar o que quiser, desde que não ofenda a honra do outro, porque a partir daí cabe processo.

Mas, para as pessoas que gostam de postar informações do Royal e de tudo o que fazemos na empresa, talvez seria melhor postar outros dados que não relacionados a morte de
Isabella Hous.
E que tal deixarmos a moça descansar em paz?

Poderíamos falar de muitos assuntos interessantes e na minha opinião relevantes.
Não é que ela seja irrelevante, é que o assunto em si que abordam muitas das vezes, não tem intuito informativo e sim fofocativo. Por isso perde a relevância.
Mas como eu ia dizendo, que tal falar sobre:

A Infotech, informação e Tecnologia, evento do Royal e da Onor Kester que acontece no dia 5 de agosto em São Paulo.
As inscrições do evento já começaram, e seguem até o dia 25.
São 120 vagas abertas e interessados devem se inscrever pelo e-mail faleconosco@royal.net.br
O evento é aberto a jornalistas, programadores e desenvolvedores de tecnologia, e empresários do ramo.
Vai acontecer na sede do Royal, das 9 as 15h, do dia 5 de agosto como eu disse, e estará dividido em dois blocos.
Pela manhã e pela tarde, com a apresentação de muitas coisas interessantes por parte das duas empresas, Royal e Kester.
Nosso Presidente, Jornalista Guilherme Kalel, vai apresentar nosso novo departamento de tecnologia e o que iremos produzir.
E a versão final do Lorens, que entra em funcionamento no próximo 28 de julho para os primeiros hospitais que a adquiriram, passa a ser oficialmente comercializada neste dia e terá todos os seus detalhes falados.
Haverá atualização do Livetalk, na versão 2.3, com novos recursos implementados.
E muito mais!

Poderiam também falar, que hoje a Fundakkz do Royal Express, atende a 200 pacientes de câncer.
Mas que 100 novos pacientes entrarão no calendário de atendimentos a partir de agosto, elevando o número para 300.
Já pacientes com HPN, vai subir de 5 para 10, o total de pessoas atendidas que receberão Sorilis e suplemento alimentar, graças a parcerias e investimentos do Royal Express, sem qualquer aporte governamental.

Também falar, que o Portal Royal Express tem viabilizado conseguir meios de facilitar as viagens de seu Presidente Jornalista Guilherme Kalel.
Como o Portal não possue um jato para transportar Kalel, como ele tinha acesso na época em que atuava pela marca Kester 10 G, onde a Santa Clara patrocinava essas viagens, nós buscamos alternativas para ajuda-lo nesse sentido.
Guilherme Kalel tem uma série de problemas de saúde, que o impedem fazer viagens de ônibus a distâncias longas.
Mas esta noite por exemplo, ele precisou passar 6 horas sentado em um ônibus, para que pudesse vir a São Paulo em uma consulta médica.
A ideia do Royal, é tentar conseguir um transporte mais rápido, ainda que seja um carro, mas que possa dar mais conforto e agilidade nessas viagens não por frescura mas por necessidade.
Experimentem por um paciente de HPN, diabético, com neuropatia diabética e tumor cerebral, viajando a noite toda sem dormir, e vão ver o resultado a posteore.
Viu como tem mais assuntos relevantes a se destacar?
Fica a dica!!!

As fofocas sobre Isabella

Para que as coisas possam ficar claras, vou trazer alguns dados para vocês hoje.
Minha prima Isabella, cometeu suicídio infelizmente, no último 18 de julho.
Claro que eu, assim como muitas outras pessoas, queremos entender as atitudes que Isabella tomou e os motivos que a levaram a este ato extremo.
Porém, nem por isso ficamos remexendo em seu passado ou tornamos público coisas irrelevantes de sua vida.
Coisas pelas quais ela passou é verdade, mas que não são da conta de ninguém e não tem também nem uma relevância para os leitores do Portal Royal Express.

Tenho certeza, e eu se estiver enganada, vocês podem me corrigir escrevendo que farei uma ratificação.
Mas eu tenho certeza, de que o que nossos leitores querem é informação de qualidade e entretenimento para melhorar seu dia dia.
É isso que proporcionamos em nossas páginas e é o que continuaremos a proporcionar.
O que aconteceu com Isabella foi uma fatalidade, provocada por ela, que deixaremos nas mãos das autoridades esclarecer.
Se ficar comprovado que o ex dela teve qualquer envolvimento com esse suicídio, é claro.
A família vai fazer o que necessário para se obter Justiça.
E tenho certeza, o Royal Express será o primeiro a se levantar e gritar contra as injustiças cometidas pelo caso.
Mas, fofocar sobre o assunto não vai trazer a Isabella de volta.
Ao contrário, vai apenas abrir ainda mais nossas feridas recentes com a sua perca, e é isso que as pessoas precisam compreender.
Quando as pessoas dizem não para falar sobre um assunto, que é algo pessoal e não de domínio público, é preciso aprender a se respeitar essa posição.
Infelizmente, hoje estamos em um ambiente hostil, em que tudo tem que ir parar na internet e nas redes sociais.
Mas, a vida não é só internet, não é só redes sociais, não é só você publicar as desgraças pelas quais os outros passaram.
Não é só fofocar, nem tripudiar em cima da dor alheia.
A vida é muito mais do que isso.

A morte de Isabella

Desde a noite desta quinta-feira, 18, sei que as pessoas esperam uma palavra minha ainda que fosse por aqui.
É um momento muito difícil para a família Hous, minha família.
E por esta razão eu demorei um pouco para me manifestar.
Fiquei ao longo das últimas horas, procurando, tentando encontrar as palavras corretas.
Não as achei.

Minha prima Isabella Hous, jornalista do Royal Express e designer de games, se matou.
Aos 25 anos de idade, 7 dias depois de se casar, grávida de 4 meses.
Parecia uma vida promissora, cheia de sonhos a se vivenciar e realizar pela frente.
E tudo ainda é muito estranho para cada um de nós.
Embora tentássemos, ainda não conseguimos entender os motivos pelos quais repentinamente, Isabella viesse a tirar a própria vida.
Sei que ela deixou uma carta, mas ainda não tivemos acesso a ela.
O documento está em posse da polícia, como acontece de praste em casos de suicídio.
Acreditamos que a partir do momento em que a polícia julgar ele não ser necessário para o inquérito do caso, obrigatoriamente aberto porque a lei manda que seja assim, a carta volte as mãos da família.
Aí, poderemos ter acesso a seu conteúdo e finalmente tentaremos compreender, não o que ela fez, mas os motivos que levaram ela a fazer isso.

É verdade. Há cerca de 3 anos, Isabella teve uma depressão severa motivada por problemas pessoais.
Não devo entrar em detalhes aqui, porque isso não compete a mim e também viola a privacidade dela e da família.
Mas, apesar desses problemas e da doença, ela se tratou, tomou medicação, fez terapia, e estava bem.
Há cerca de 15 meses ela já não tomava mais remédios e nem fazia psicoterapia, porque havia sido liberada pelos médicos.
Isabella tentava tocar a vida em frente, seguia firme em seus sonhos e objetivos, até a tarde de 18 de julho.
Quando por razões que até aqui, só Deus sabe, ela pulou do 7º andar no prédio em que morava.

O departamento de tecnologia do Royal Express

Uma novidade para nossos leitores
O Royal Express deverá ter um departamento de tecnologia nas próximas semanas.
Iremos criar programas e serviços, que irão melhorar o dia dia das pessoas, como parte de nosso novo portfóleo de serviços.
As mudanças devem acontecer, porque o Royal vai absorver a Liberty e a Nel, empresas que me pertenciam antes da minha compra de parte das ações de Sofia Granzzoti do Portal Royal Express.

Assim, a empresa Royal Express Comunicação, vai passar a ser Royal Express Comunicação e Tecnologia.
Eu serei coordenadora de tecnologias do Royal, e vou trazer uma série de novidades em breve.
Pretendemos oferecer contas de e-mails gratuitas para nossos leitores, no domínio nel.net.br.

Também outra coisa que está em nossos planos é criar um plano para hospedagem de sites e desenvolvimento de páginas Web.
O tão esperado programa Lorens, que será oficializado no segundo semestre e passará a ser usado em diversos hospitais, agora o será na bandeira Royal.

Nossos novos poderes e nossas responsabilidades

Com grandes poderes vem grandes responsabilidades.
E foi isso que aconteceu comigo e com Guilherme Kalel, nesta manhã de segunda-feira, 15 de julho.
Adquirimos novos e grandes poderes ao comprarmos juntos, a parte de Sofia Granzzoti no Royal Express.
Somos duas mãos agora, que tem a missão de levar o Royal Express adiante.
Com credibilidade, dedicação, amor, acima de tudo com a verdade dos fatos sempre.

O caminho que vamos trilhar não vai ser fácil, e as vezes vamos desagradar as pessoas.
Mas o trabalho é esse mesmo, falar a verdade doa a quem doer, fazer as pessoas terem suas opiniões a partir das nossas.
Se conseguirmos fazer isso e ainda levarmos os projetos sociais afrente, estaremos executando com perfeição nosso trabalho.

Hoje esse blog deve passar por uma reformulação.
Como Sofia não vai mais escrever caberá a mim fazer a vocês informações de bastidores do Royal.
Assim, além de postar coisas de meu pessoal, devo passar a postar também acontecimentos do Site, de seus colaboradores, dar um panorama a respeito de tudo o que vem por aí.
Vamos nessa!